foto 1

O iPad Mini foi lançado em Outubro de 2012 nos EUA, mas só agora, no final de Junho, chegou ao Brasil. Estava pensando em trocar meu de 2ª Geração sem gastar muito, então aproveitei a oportunidade.

Acontece que o iPad Mini é bem similar ao 2. Principalmente no hardware, como você pode ver nesta página da Apple. Antes de comprar hesitei um pouco por causa disso, mas eu procurava praticidade e mobilidade (já que o meu antigo era apenas Wifi). Peguei o modelo 3G.

A primeira impressão correspondeu às minhas expectativas. Ele é menor, mais fino, leve e mais bonito também. Encaixa bem na(s) mão(s) e a resolução da tela – apesar de não ser Retina – é boa. Também houve progresso notável na câmera. Tudo bem que usar um tablet como câmera portátil é meio estranho e não muito prático, mas o resultado obtido é satisfatório e serve muito bem como alternativa.

Foto Teste iPadMiniFoto tirada com o iPad Mini (clique que cresce)

A câmera frontal também ganhou melhorias, ótimo pra utilizar o Facetime. A vida da bateria continua sendo uma característica excelente dos produtos da Apple, com até 10 horas de autonomia e 1 semana em standby (de acordo com o site da Apple, mas pelo uso que venho fazendo é por aí mesmo).

Ele já possui a nova conexão lightining, então a transmissão de dados entre o tablet e o PC/Mac é bem mais rápida agora e quem possui um iPhone 5 poderá compartilhar os cabos novamente. Não testei muito o 3G ainda, mas creio que a qualidade dependa mais da operadora do que do aparelho. Possui suporte a 4G, mas infelizmente não é compatível com o padrão utilizado aqui no Brasil. Como a tecnologia está chegando no país agora, e no meu estado ainda demorará um pouco mais pra funcionar de forma decente, não considerei muito este fator na hora da compra.

Certo, mas já estão prestes a lançar um iPad Mini novo, provavelmente com tela retina e muito mais potente. Vale a pena esperar? Bom, ele demorou 8 meses pra chegar aqui no Brasil, e o suposto novo modelo ainda não foi nem anunciado. Se você for esperar sempre o modelo mais novo chegar sem se preocupar com o próximo, você nunca comprará um celular, tablet, TV ou PC na sua vida. A tecnologia é assim, você compra algo agora e daqui a alguns meses estará ultrapassado. Então, se você quer um tablet compacto, ótima duração de bateria e uma gama enorme de aplicativos agora, vale a pena sim. O preço chegou similar ao iPad 2, lançado há dois anos e meio atrás, e algumas lojas estão oferecendo um ótimo desconto nas compras à vista. Agora, antes de comprar, esteja a par das limitações da Apple, como não possuir entrada USB e a necessidade do iTunes para transferir certos tipos de dados (esta última está com os dias contados com a integração cada vez maior do iCloud).

Nota: Recomendo!

Marcos CostaAnáliseiOSTechApple,iCloud,iOS,iPad,iPad Mini
O iPad Mini foi lançado em Outubro de 2012 nos EUA, mas só agora, no final de Junho, chegou ao Brasil. Estava pensando em trocar meu de 2ª Geração sem gastar muito, então aproveitei a oportunidade. Acontece que o iPad Mini é bem similar ao 2. Principalmente no hardware, como...